Trivialidades 24

Reincidência

Antes de mudar de casa, em Lisboa, vivia num 5º andar. Uma vez, de férias, ao querer entrar no apartamento num quarto andar, num acto mecânico premi o 5º andar e tentei insistentemente abrir a porta errada. Fiquei muito aborrecida quando não consegui. Só percebi quando voltei a entrar no elevador.

Alguns meses depois, quando mudei de casa (vivo num 1º andar), num dia qualquer, não faço ideia porquê parei no segundo andar e tentei insistentemente abrir a porta errada. Estava também a ficar aborrecida quando olho para cima e percebo o meu engano.

Aqui em Londres, posso entrar para o apartamento pela porta correspondente ao número 11 ou pela do número 13. Normalmente entro pelo 13, anteontem entrei pelo 11. Fatalmente, fiz o percurso habitual e, adivinhem lá. Sim, tentei abrir a porta que não era do meu apartamento. De facto, o barulho de talheres e a luz acesa deveriam ter feito tocar o alarme mais cedo na minha cabeça.

Eu não sei se a minha mente me está a tentar enviar uma mensagem muito subliminar. Mas se está, não gosto da mensagem.

1 comentário:

Guida disse...

Ora imagina em que botão carreguei quando entrei no elevador do meu prédio depois de ler este teu texto? Ah pois, e eu agora moro no 3º!! :-)